Com meu curso no fim, eu só tenho á dizer que a experiencia foi ótima, os lugares que visitei, as pessoas que conheci, o aprendizado que pude ter, tudo isso me fez uma grande diferença. Queria passar um pouco pra vocês sobre lugares não só desse Brasil, como de outros países também, queria compartilhar minhas vontades de conhecer todos os mínimos detalhes do mundo com vocês. E realmente espero que ajude vocês a decidirem os lugares que querem visitar.

Hoje o assunto é sobre Campos do Jordão.

Campos do Jordão no inverno é o destino certo de muitos turistas, que são atraídos pelo clima frio, pela arquitetura europeia, pelo charme que a cidade imprime com seus chocolates quentes, lareiras, ótima gastronomia, passeios e uma programação cultural intensa para essa época do ano.

Campos do Jordão é a ”SUÍÇA BRASILEIRA”

Não é a toa que Campos do Jordão é chamada de “Suíça brasileira”. Sua altitude de 1628 metros faz dela a cidade mais alta do Brasil, com temperaturas abaixo da média nacional (a mais baixa já registrada foi -7,4°C, e a mais alta, 34°C). Sua arquitetura em estilo europeu, a gastronomia e o Festival de inverno de música erudita em julho, também ajudam nessa associação.

A facilidade de poder curtir esse clima em uma cidade que está 173 km de São Paulo, fala português e cobra em real, deixa tudo mais irresistível, não é mesmo?

8904108018_6b5338ef96_o CentroDoCapivariM2081S-1029

M2081S-1029

O que fazer na cidade:

As opções do que fazer na cidade vão desde simplesmente desfrutar do charme e da programação cultural da cidade, bem como curtir os prazeres de uma boa mesa com direito a chocolate, pinhão, trutas, shitake, frutas vermelhas, vinhos, cervejas, queijos, crepes, fondues, etc., até aventuras mais ousadas.

Campos do Jordão e o ecoturismo:

A região é considerada a capital do arborismo, com vários circuitos no Horto Florestal e Bosque do Silêncio. A natureza exuberante da região oferece opções de ecoturismo como trilhas com variados graus de dificuldades, que podem incluir cachoeiras e cascatas, como a trilha Celestina e da Pedreira no Horto Florestal, Morro do Camelo e Bosque do Silêncio.

Outras opções são os passeios à cavalo (Centro de Lazer Tarundu), mountain bike (Morro do Elefante), trekking e alpinismo (Pedra do Baú – mirante oficial da região). Visitar o Pico do Itapeva pode proporcionar uma ótima vista do Vale do Paraíba e da Catedral de Nossa Senhora da Aparecida, já do Pico do Imbiri dá para ver quase toda a cidade.

Outras atrações de Campos do Jordão:

Você pode ainda conhecer os jardins do Amantikir, passear de jipe até a Pedra do Baú (40 minutos), ir de trem até Santo Antônio do Pinhal (2 horas e meia), visitar a fábrica de cerveja Baden Baden, com direito a degustação (agendar com antecedência), passear de bonde, visitar o Palácio do Alto da Boa Vista (acervo de arte nacional do período colonial e modernista), Museu Felícia Leirner (esculturas ao ar livre), fábrica de chocolate Araucária, Mosteiro de São João (cantos gregorianos das monjas beneditinas, por volta das 17:30 horas), borboletário, Casa da Xilogravura e subir de teleférico até o Morro do Elefante.

Vale a pena reservar energia para aproveitar a noite no bairro Vila Capivari, o centro onde tudo acontece, restaurantes, baladas, cafés, bares e muitas lojinhas, sem falar no desfile de turistas (muitos) nos seus melhores estilos de moda inverno, vendo e sendo vistos!

 

 

créditos

fotos google


Contato:
e-mail: i_mindi@hotmail.com
facebook : https://www.facebook.com/amandaquefez
Twitter: https://twitter.com/imindii
Instagram: @amandamanselmo